A fotografia em forma de arte

2º Curso de Transformação do Olhar encerra hoje e a Câmera Viajante já planeja novos encontros do projeto que propõe aos alunos a reflexão da fotografia dentro das Artes Trabalho realizado durante o curso

A perspectiva da fotografia dentro das Artes. Esse é o diferencial do Curso Transformação do Olhar, oferecido pela Câmera Viajante – Escola de Fotografia e Cinema. O sucesso da 2ª edição, que encerra hoje, 20, faz com que a escola já planeje a 3ª edição para o início de 2012 e, logo a seguir, o segundo módulo.  Entre os destaques desta edição foi a visita do doutorando em Artes Ricardo Reis, de Portugal. A convite do professor Estêvão Haeser, ministrante do curso, ele participou de uma aula e compartilhou com os alunos a experiência lusitana contemporânea na área.Aula com Ricardo Reis

“O objetivo é ampliar a visão da fotografia para além da técnica, focando na questão das Artes”, comenta o Haeser.  Com esta proposta, o curso possibilita a discussão de textos do filosofo Gilles Deleuze e Lucia Santaella. Com a participação de Ricardo Reis, as discussões se expandiram para artistas do além-mar como Helena de Almeida, que interfere na fotografia revelada com a utilização de tintas e outras técnicas.

O conteúdo do curso provoca os alunos a libertar o olhar sobre o comum, em uma experiência onde o engajamento do aluno pode levá-lo a retomar o olhar de criança e interpretar de forma singular o mundo.  Os interessados em participar da próxima turma devem ficar atentos ao site da Câmera Viajante ou entrar em contato pelos telefones (51) 3012-0421; (51) 3028-0421; (51) 9964-1384.

+ sobre Estevão Haeser – Professor da Câmera Viajante, Estevão é formado em Artes Plásticas pelo Instituto de Artes e Especialista em Pedagogia da Arte, ambos na UFRGS. Tem publicações em congressos internacionais sobre projetos pedagógicos, estudos de gênero, arte e educação. Como artista, produz desenhos, vídeos e performances. Desde 2005, atua no Projeto Pedagógico da Fundação Bienal do Mercosul. Em 2010, realizou o ‘I Fórum de Intercâmbio Cultural: Lisboa – Porto Alegre’ e ministrou oficinas de arte no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. Participa desde 2008 da Rede Iberoamericana de Educação Artística.

+ sobre  Ricardo Reis – Doutorando em Artes e Educação na Universidade de Barcelona. É assistente convidado e professor na Escola Superior de Educação de Setúbal. Coordenou o projeto internacional Public Art and Art Education, realizado entre Portugal e Grécia ao abrigo dos acordos culturais entre os países. Atua também como  editor da Revista InVisibilidades: Revista Ibero-americana de Pesquisa em Educação, Cultura e Artes. Esteve na 8ª Bienal do Mercosul, onde ministrou a palestra Encontros Iberoamericanos: Geo(in)visibilidades em Arte Educação. O encontro trará conceitos como mapeamento, colonização e redes transnacionais dentro do âmbito da arte educação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s